<$BlogRSDUrl$>

A vida do Rio Ave Futebol Clube, dos seus Associados e da sua Cidade. Futebol Nacional, com especial interesse no percurso do RAFC.

quarta-feira, janeiro 12, 2005

Com postura 

Com postura de vencedores, é assim que se espera ver o Rio Ave entrar em campo mais logo para defrontar a Académica em jogo de Taça. Para já ficam as antevisões, donde destaco a do jornal Público:

"Três dias depois de ter imposto ao FC Porto um empate (1-1) que afastou os "dragões" da liderança da Superliga, o Rio Ave, invicto em casa, recebe a Académica, que caiu para o último lugar do campeonato no fim-de-semana e causará surpresa se eliminar o conjunto orientado por Carlos Brito."

Que não se faça Taça esta tarde em Vila do Conde!


terça-feira, dezembro 21, 2004

Sigam aqui a entrevista que o Mister Carlos Brito deu na TSF.

segunda-feira, novembro 29, 2004

O que é Nacional é bom 

Sigam aqui a entrevista do nosso FRANCO ao Maisfutebol.
Depois de mais uma vitória o nosso treinador também deu uma entrevista a seguir por aqui

terça-feira, setembro 14, 2004

Com o pássaro na mão... 

Não concordo com o treinador do Rio Ave. É verdade que tivemos o pássaro na mão e que este só fugiu com alguma sorte do adversário. Mas não se pode dizer que o resultado final é injusto. Afinal, nem o RAFC mercecia estar a ganhar 3-0 nem o Belenenses “massacrou” o suficiente para marcar 3 golos de rajada.
Mas nem tudo se perdeu! O jogo foi bom, com um Belenenses de futebol bem aberto e o Rio Ave com o seu futebol prático e rápido. É óbvio que somar apenas um pontinho numa situação destas é pouco, mas pode ser que esta seja uma lição proveitosa. Para o público (que já falava em goleada), para os “homens da rádio” (comentar pelo resultado obriga a transformar os bestiais em bestas) e também para o treinador, pelo insucesso das substituições efectuadas...
Pode ser que corra melhor no próximo jogo em casa! Venha de lá o Sporting!

3-3... 

Mesmo de longe, chegaram-me informacoes de que as opcoes do treinador nao foram as mais acertadas e felizes...
Acabar um jogo sem meio campo...
Gostaria de ouvir outras opinioes.
Agora e' um facto que o Rio Ave permite, em exagero, estas situacoes ao adversarios inumeras vezes.
Nao vou na onda de que no fim do campeonato se ve se foi um ponto perdido ou ganho, pois para mim jogos em casa sao todos para ganhar!

segunda-feira, setembro 13, 2004

Desilusão... 

COm todo o entusiasmo, dois dos membros deste blog, fomos ver o primeiro jogo da época deste novo RAFC. Com uma primeira parte bem jogada e com bons promenores de Saulo, Ricardo Nascimento e Gaucho, foi com naturalidade que estávamos a ganhar 2-0. A segunda parte começou com o 3-0, e a partir daí o Belenenses cresceu. Apesar disso o RAFC sempre que podia craiva perigo, mas foi o Belenenses que fez 0 3-1, 3-2. Com o resultado a favor e o Belenenses a pressionar, eia que Carlos Brito tira Ricaros nascimento para colocar em jogo PAulo Cesar.... No último minuto do tempo extra dado pelo árbitro, o Belenenses faz, de livre, o golo do empate.
No geral o resultado aceita-se mas pelo tempo que o RAFC esteve a ganhar, merecia outro resultado.

sexta-feira, setembro 03, 2004

Arranque a frio 

Está aí mais uma época com o nosso RAFC na divisão maior do futebol português. Embora acompanhe o clube à distância, diziam os jornais desportivos – quase unanimemente – que o Rio Ave dominou, jogou melhor e só não conseguiu marcar. Sem grande opções de ataque, Carlos Brito apostou no recentemente chegado a Vila do Conde Nuno Sousa que, segundo as mesma crónicas, fez uma boa exibição (melhor jogador em campo pelo O Jogo) mas não concretizou nenhuma das oportunidades que criou. Refira-se que segundo as críticas do jogo treino de ontem, frente ao Gondomar, Nuno Sousa marcou, enquanto outro reforço – recém-chegado – Amaobi, ainda não justificou a presença no onze titular.

Independentemente do resultado da primeira jornada, independentemente de se tratar de uma equipa acessível – recém chegado à Primeira Liga, o Estoril Praia ainda não conseguiu estruturar uma equipa e prevê-se que será uma das equipas que lutará pela manutenção – o Rio Ave deve olhar em frente e preparar-se para aquele que tem sido o seu grande trunfo nas últimas épocas: uma equipa forte a jogar em casa. Aliás, quantas vezes nos últimos anos o Rio Ave pontuou em casa com os chamados “grandes”? E até mesmo quando a exibição não era muito conseguida, dificilmente o adversário levava os 3 pontos na bagagem.

Por isso, mas também por o nível anímico no início de época se reflecte sobremaneira na performance do resto do ano, é importante criar motivação para o próximo jogo, no Estádio do Rio Ave F. C., contra o Belenenses.

quarta-feira, julho 07, 2004

Época Nova, Posts Novos! 

A época já arrancou e, acabadas as emoções do Euro, há que lançar alguns temas para postar...
Por isso, aqui ficam algumas sugestões:
- Expectativas para a época 2004/05 do futebol sénior do RAFC;
- Comentários acerca de outras modalidades e escalões do RAFC;
- As recentes eleições para os corpos gerentes;
- As contratações e cedências;
- O treinador, os craques e os adeptos: equipa unida?;
- outros temas que os frequentadores deste sítio entendam por bem.

Em tom de provocação, e baseado apenas na informação que obtenho nos meios de comunicação social, parece-me incompreensível porquê que o Rio Ave está à procura de um 3º (!!) guarda-redes e não admite subir um junior... principalmente quando o perfil dessa contratação é a de um jogador jovem!!

Com dizia o outro, "Queremos mais, queremos mais, queremos muito mais!!" (que a época passada)

This page is powered by Blogger. Isn't yours?